Viagem para Olímpia: roteiro para 3 dias incríveis

Viagem para Olímpia: roteiro para 3 dias incríveis

De norte a sul do Brasil, Olímpia vem ganhando espaço na lista de cidades que os brasileiros querem conhecer. Embora o lugar concentre pouco mais de 50 mil habitantes, o fato de estar em uma região privilegiada, em meio ao Aquífero Guarani, faz com que cerca de 3 milhões de visitantes por ano procurem Olímpia para turistar. Esse número mostra por que hoje em dia ela é um dos principais polos turísticos de São Paulo.

Se você ainda não conhece a cidade e está programando três dias para aproveitar o lugar, pode ficar tranquilo, é possível conhecer os principais pontos turísticos e fazer com cada minuto da sua viagem para Olímpia seja bem aproveitado. O segredo é acordar cedo e ter em mãos um roteiro estratégico.

Para te ajudar nessa missão, providenciamos um planejamento perfeito para curtir três dias de folga na cidade. Analise as sugestões e faça acontecer a viagem para Olímpia!

Como chegar em Olímpia

Olímpia está situada a 429 km de São Paulo capital, a 50 km de São José do Rio Preto e a 49 km de Barretos. Para chegar de carro, é preciso optar pela Rodovia Assis Chateubriand (SP-425) ou Rodovia Armando de Salles Oliveira (SP-322). Já de avião, o aeroporto mais próximo fica em São José do Rio Preto, distante 30 minutos de Olímpia.

Dia 1

Para estrear os dias na cidade, nada melhor do que o Parque Aquático Thermas dos Laranjais. Ele fica aberto nas segundas-feiras, das 9h às 20h, e de terça-feira a domingo, das 8h às 20h. O parque possui 300 mil m² e é todo abastecido pelas águas quentes do Aquífero Guarani (as temperaturas variam de 26ºC a 38ºC).

A infraestrutura do Thermas dos Laranjais é supercompleta, existem 32 lanchonetes e restaurantes no local, além de vestiários e armários. Ideal para passar o dia inteiro no local com total conforto. Todas as atrações contam com o suporte de monitores e salva-vidas. Listamos uma prévia do que você vai encontrar por lá:

Opções radicais

Asa Delta: ela tem 18 metros de altura e é possível atingir a velocidade de 60km/h. A pessoa desce em boia dupla, entra em um toboágua e, por fim, cai dentro de uma piscina com água quente.

Kamikaze: ele tem 30 metros de altura e consiste em 5 segundos de queda livre, fazendo com que a pessoa tenha a sensação de sair do toboágua.

Opções infantis

Clube das crianças: fica em uma área com mais de 3.100 m² e é voltado para crianças de até 6 anos de idade. Lá elas encontram brinquedos como bolha Infantil, toboáguas, escorregadores e tirolesa.

Opções para a família

Mar azul: é uma piscina de água quente com mais de 1800 m² e ondas de até 1,5 metros.

Piscina maluca: é uma piscina que inclui prova de obstáculos flutuantes, no estilo daquelas atrações que aparecem em alguns programas de TV de entretenimento.  

Dia 2

Manhã

Depois de um dia intenso no Parque Aquático Thermas dos Laranjais, uma boa pedida é reservar a manhã para desfrutar das comodidades que o resort onde você está hospedado oferece. Isso vai dar energias para os diversos passeios que podem ser feitos na cidade ao longo da tarde e do dia número 3.

O Royal Thermas Resort & Spa, por exemplo, dispõe desses serviços:

– terapia das pedras quentes;
– massagem modeladora;
– peeling e hidratação corporal vinoterápica;
– massagem das velas;
– shiatsu;
– hidratação profunda;
– massagem antiestresse.

Tarde

Depois de uma manhã de total sossego, é hora de ir para a rua conhecer os principais lugares indicados por quem já passou por Olímpia.  

1ª parada: Museu de História e Folclore Maria Olímpia

Em uma viagem para Olímpia, não dá para deixar de fora esse museu. Afinal, a cidade é conhecida como a Capital Nacional do Folclore. O local abre de segunda a sexta-feira, das 9h às 12h e das 14h às 17h; sábado, das 9h às 14h. Lá você vai encontrar um acervo com cerca de 3 mil pelas, considerado um dos museus mais completos do Brasil.

2ª parada: Orquidário Aguapey  

Se você curte contemplar a natureza, vai se apaixonar com o Orquidário Aguapey. Mas, se não costuma fazer isso, é bem provável que se encante mesmo assim. O local abre de segunda-feira a domingo, das 8h às 20h, e é possível ver de perto o processo de produção de diversas espécies de orquídeas.


3ª parada: H2A Bar & Boliche

Para fechar o dia e conhecer um pouco da vida noturna de Olímpia, o H2A Bar & Boliche é uma ótima opção. O lugar une bar, restaurante e espaço de entretenimento, servindo lanches, comida de boteco, além de oferecer vários tipos de jogos como boliche, Play 3 e 4, Xbox 360 com kinect e fliperamas.

Dia 3

No último dia de viagem para Olímpia, você pode encaixar as atrações de acordo com o tempo disponível para ficar na cidade.

Manhã

1ª parada: Mirante Praia Clube

Programe-se para ficar por lá até depois do meio-dia Mirante Praia Clube, pois o lugar conta com diversas atrações, entre elas praia artificial, piscinas e quadras de areia para praticar esportes. Não é preciso sair de lá para almoçar, tem um restaurante à beira da orla e um quiosque com drinks. Importante: o Mirante Praia Clube abre somente aos sábados e domingos, das 9h às 18h.

Tarde

2ª parada: Gruta do Índio
Durante a tarde, uma ótima opção é praticar turismo ecológico em Olímpia, com o objetivo de chegar na famosa Gruta do Índio. O local fica dentro da Fazenda Floresta e é possível acessá-lo todos os dias, das 8h às 19h. O percurso até à Gruta do Índio inclui 2 km de trilha, em meio a árvores centenárias, animais silvestres e cachoeiras. Excelente para fechar a viagem para Olímpia com chave de ouro e levar ótimas lembranças da cidade.

Curtiu o roteiro que preparamos? Durante a sua estadia na cidade é provável que você também consiga integrar outros programas ao seu planejamento. O segredo é viver ao máximo cada uma das experiências.

Se você gostou dessas dicas e quiser ver periodicamente outras informações sobre turismo e viagem, nos acompanhe no Facebook e Instagram.

De norte a sul do Brasil, Olímpia vem ganhando espaço na lista de cidades que os brasileiros querem conhecer. Embora o lugar concentre pouco mais de 50 mil habitantes, o fato de estar em uma região privilegiada, em meio ao Aquífero Guarani, faz com que cerca de 3 milhões de visitantes por ano procurem Olímpia para turistar. Esse número mostra por que hoje em dia ela é um dos principais polos turísticos de São Paulo.

Se você ainda não conhece a cidade e está programando três dias para aproveitar o lugar, pode ficar tranquilo, é possível conhecer os principais pontos turísticos e fazer com cada minuto da sua viagem para Olímpia seja bem aproveitado. O segredo é acordar cedo e ter em mãos um roteiro estratégico.

Para te ajudar nessa missão, providenciamos um planejamento perfeito para curtir três dias de folga na cidade. Analise as sugestões e faça acontecer a viagem para Olímpia!

Como chegar em Olímpia

Olímpia está situada a 429 km de São Paulo capital, a 50 km de São José do Rio Preto e a 49 km de Barretos. Para chegar de carro, é preciso optar pela Rodovia Assis Chateubriand (SP-425) ou Rodovia Armando de Salles Oliveira (SP-322). Já de avião, o aeroporto mais próximo fica em São José do Rio Preto, distante 30 minutos de Olímpia.

Dia 1

Para estrear os dias na cidade, nada melhor do que o Parque Aquático Thermas dos Laranjais. Ele fica aberto nas segundas-feiras, das 9h às 20h, e de terça-feira a domingo, das 8h às 20h. O parque possui 300 mil m² e é todo abastecido pelas águas quentes do Aquífero Guarani (as temperaturas variam de 26ºC a 38ºC).

A infraestrutura do Thermas dos Laranjais é supercompleta, existem 32 lanchonetes e restaurantes no local, além de vestiários e armários. Ideal para passar o dia inteiro no local com total conforto. Todas as atrações contam com o suporte de monitores e salva-vidas. Listamos uma prévia do que você vai encontrar por lá:

Opções radicais

Asa Delta: ela tem 18 metros de altura e é possível atingir a velocidade de 60km/h. A pessoa desce em boia dupla, entra em um toboágua e, por fim, cai dentro de uma piscina com água quente.

Kamikaze: ele tem 30 metros de altura e consiste em 5 segundos de queda livre, fazendo com que a pessoa tenha a sensação de sair do toboágua.

Opções infantis

Clube das crianças: fica em uma área com mais de 3.100 m² e é voltado para crianças de até 6 anos de idade. Lá elas encontram brinquedos como bolha Infantil, toboáguas, escorregadores e tirolesa.

Opções para a família

Mar azul: é uma piscina de água quente com mais de 1800 m² e ondas de até 1,5 metros.

Piscina maluca: é uma piscina que inclui prova de obstáculos flutuantes, no estilo daquelas atrações que aparecem em alguns programas de TV de entretenimento.  

Dia 2

Manhã

Depois de um dia intenso no Parque Aquático Thermas dos Laranjais, uma boa pedida é reservar a manhã para desfrutar das comodidades que o resort onde você está hospedado oferece. Isso vai dar energias para os diversos passeios que podem ser feitos na cidade ao longo da tarde e do dia número 3.

O Royal Thermas Resort & Spa, por exemplo, dispõe desses serviços:

- terapia das pedras quentes;
- massagem modeladora;
- peeling e hidratação corporal vinoterápica;
- massagem das velas;
- shiatsu;
- hidratação profunda;
- massagem antiestresse.

Tarde

Depois de uma manhã de total sossego, é hora de ir para a rua conhecer os principais lugares indicados por quem já passou por Olímpia.  

1ª parada: Museu de História e Folclore Maria Olímpia

Em uma viagem para Olímpia, não dá para deixar de fora esse museu. Afinal, a cidade é conhecida como a Capital Nacional do Folclore. O local abre de segunda a sexta-feira, das 9h às 12h e das 14h às 17h; sábado, das 9h às 14h. Lá você vai encontrar um acervo com cerca de 3 mil pelas, considerado um dos museus mais completos do Brasil.

2ª parada: Orquidário Aguapey  

Se você curte contemplar a natureza, vai se apaixonar com o Orquidário Aguapey. Mas, se não costuma fazer isso, é bem provável que se encante mesmo assim. O local abre de segunda-feira a domingo, das 8h às 20h, e é possível ver de perto o processo de produção de diversas espécies de orquídeas.


3ª parada: H2A Bar & Boliche

Para fechar o dia e conhecer um pouco da vida noturna de Olímpia, o H2A Bar & Boliche é uma ótima opção. O lugar une bar, restaurante e espaço de entretenimento, servindo lanches, comida de boteco, além de oferecer vários tipos de jogos como boliche, Play 3 e 4, Xbox 360 com kinect e fliperamas.

Dia 3

No último dia de viagem para Olímpia, você pode encaixar as atrações de acordo com o tempo disponível para ficar na cidade.

Manhã

1ª parada: Mirante Praia Clube

Programe-se para ficar por lá até depois do meio-dia Mirante Praia Clube, pois o lugar conta com diversas atrações, entre elas praia artificial, piscinas e quadras de areia para praticar esportes. Não é preciso sair de lá para almoçar, tem um restaurante à beira da orla e um quiosque com drinks. Importante: o Mirante Praia Clube abre somente aos sábados e domingos, das 9h às 18h.

Tarde

2ª parada: Gruta do Índio
Durante a tarde, uma ótima opção é praticar turismo ecológico em Olímpia, com o objetivo de chegar na famosa Gruta do Índio. O local fica dentro da Fazenda Floresta e é possível acessá-lo todos os dias, das 8h às 19h. O percurso até à Gruta do Índio inclui 2 km de trilha, em meio a árvores centenárias, animais silvestres e cachoeiras. Excelente para fechar a viagem para Olímpia com chave de ouro e levar ótimas lembranças da cidade.

Curtiu o roteiro que preparamos? Durante a sua estadia na cidade é provável que você também consiga integrar outros programas ao seu planejamento. O segredo é viver ao máximo cada uma das experiências.

Se você gostou dessas dicas e quiser ver periodicamente outras informações sobre turismo e viagem, nos acompanhe no Facebook e Instagram.

Quer viajar mais gastando muito menos?

Guia 100% gratuito com entrega imediata

Descubra como ficar hospedado em resorts e imóveis de alto padrão pagando o preço de uma pousada convencional.

Preencha o formulário para entrar na Lista Preferencial:

ÓTIMA ESCOLHA!

Você será redirecionado para o WhatsApp. Clique no botão abaixo para confirmar: