em Propriedades Compartilhadas

Se você costuma viajar com frequência ou tem o hábito de pesquisar sobre viagens e turismo, muito provavelmente já ouviu o termo Vacation Club RCI (Resort Condominiums International).

Afinal, a RCI é a maior rede de intercâmbio de férias do mundo, criada com o propósito de melhorar a experiência que quem é proprietário de um imóvel de férias compartilhado.

Se algum dos termos acima é novidade para você, fique tranquilo, este post vai esclarecer todos os pontos que envolvem o universo do Vacation Club RCI.

Primeiramente, o que é um imóvel de férias compartilhado?

Felizmente, hoje em dia para ser proprietário de um imóvel localizado em uma região litorânea, por exemplo, e com excelente infraestrutura não é preciso arcar sozinho com o montante correspondente ao valor do imóvel. Já existe um modelo de negócio bem estruturado que permite compartilhar esse valor com outros proprietários, fazendo com que cada pessoa seja dona de uma fração do imóvel e tenha direito a usufruir anualmente de um determinado período de tempo no imóvel.

Essa é a característica do modelo de negócio dos imóveis compartilhados de férias. Isso faz ainda mais sentido pelo fato de uma propriedade de férias não ser ocupada ao longo do ano todo. É bem comum os proprietários não costuma usufruírem em tempo integral, somente durante algumas semanas no ano. Além do mais, algumas dessas propriedades compartilhadas estão localizadas em resorts e hotéis, o que proporciona ainda mais comodidade.

Entre as vantagens que os proprietários costumam listar estão:

– não precisar administrar o imóvel por conta própria (geralmente existe uma administradora cuidando de tudo);

– poder decidir como vai utilizar (pode passar os dias lá ou alugar e ganhar um dinheiro extra);

– ter os mesmos benefícios de estar hospedado em um hotel ou resort;

– não precisar investir um alto valor em um imóvel que será utilizado somente para férias;

– não pagar sozinho os custos com despesas fixas e manutenções;

– dispor de um incentivo a mais para viajar.

Vacation Club RCI: como tudo começou

Há mais de quatro décadas, precisamente em 1974, os irmãos Jon e Christel DeHaan foram pioneiros no conceito de intercâmbio de férias. Eles criaram um sistema que permitia que os proprietários cadastrados intercambiassem tempo na sua localidade de origem por uma estadia em uma outra propriedade afiliada. Nasceu então a  RCI, proporcionando um novo nível de flexibilidade, revolucionando a indústria de viagens.

Passados 40 anos, atualmente a RCI é a maior rede de intercâmbio de férias do mundo. Mais de 5000 hotéis, resorts e empreendimentos em 100 países são filiados à RCI para oferecer aos sócios os serviços de troca de férias. Ocorrem cerca de 1,7 milhões de intercâmbios anuais, contabilizando 50 milhões de reservas desde a fundação. De 2010 para cá, as vendas da RCI cresceram 205% no Brasil.


Como funciona na prática

Para ser um sócio dos programas de intercâmbio da RCI é preciso dispor de um período de utilização ou ser proprietário de um empreendimento afiliado à RCI. Para criar um cenário exemplificativo, vamos utilizar o Royal Thermas Resort, localizado em Olímpia (SP), que é afiliado da RCI. Ele é um excelente exemplo, pois mostra como é possível ser proprietário de uma fração de um imóvel em um resort de luxo sem precisar fazer um investimento milionário.

O resort tem apartamentos disponíveis para compra no esquema de propriedade compartilhada. A partir do momento que você adquire uma fração de um dos apartamentos no Royal Thermas Resort isso te dá direito a um número X de pontos, que permite ficar hospedado no local por um número X de dias no ano. Cada empreendimento possui suas próprias especificações em relação às diárias e pontuações.

É possível usar as diárias disponíveis no próprio Royal Thermas Resort ou, então, trocar os pontos por hospedagens em outros hotéis, resorts e estabelecimentos cadastrados na RCI. Se você fizer uma viagem para a Europa, por exemplo, pode verificar no site da RCI quais cidades possuem estabelecimentos afiliados e usar os pontos disponíveis em uma hospedagem lá. Para garantir a reserva, é necessário também efetuar o pagamento de uma taxa de intercâmbio, que varia entre acomodações nacionais e internacionais.

Benefícios adicionais do Vacation Club RCI

Os sócios do Vacation Club RCI também tem à disposição benefícios extras envolvendo a viagem como um todo. A intenção da empresa é facilitar ao máximo a oportunidade de férias e torná-la financeiramente mais vantajosa. Esses serviços funcionam da seguinte maneira:

Cruzeiro: é possível usar os pontos RCI para trocá-los por promoções e/ou descontos em cruzeiros.

Acumular ou emprestar pontos: é possível acumular pontos por vários anos ou antecipar o uso da pontuação para poder usufruir de acomodações que demandam maior número de pontos.

RCI Travel: é possível usar uma parte dos pontos para obter descontos em produtos como passagens aéreas para o destino escolhido e aluguel de carros na cidade de hospedagem.

Principais hotéis e resorts nacionais e internacionais filiados à RCI

No total, existem mais de 5.000 acomodações pelo mundo disponíveis para os sócios da RCI. Para você ter ideia do alto padrão de hospedagem, listamos alguns dos principais empreendimentos.

Aruba Beach Club, em Aruba (Caribe).

Hard Rock Hotel Punta Cana, em Punta Cana (Caribe).

Sunrise Beach Club & Villas, em Bahamas (Caribe).

Cypress Pointe Resort, em Orlando (EUA).

Disney’s Animal Kingdom Villas, na Flórida (EUA).

Acqua Beach Park Resort, em Aquiraz (CE).

Zagaia Eco Resort Hotel, em Bonito (MS).

Mabu, em Foz do Iguaçu (PR).

Búzios Beach Resort, em Armação dos Búzios (RJ).

Pousada Villa da Neve, em Gramado (RS).

Costa do Sauípe, em Sauípe (BA).

Ipioca Beach Residence, em Maceió (AL).

Gran Hotel Stella Maris Resort & Conventions, em Salvador (BA).

Se você gostaria de saber mais detalhadamente como funciona a Intercâmbiadora RCI, preparamos um Guia Completo com todas as dicas e o passo a passo para você utilizar esse ótimo sistema.

Agora que você já viu como funciona o Vacation Club RCI e sabe que uma das formas de usufruir de todos os benefícios é ser proprietário de um empreendimento afiliado à RCI, aproveite para ler nosso artigo que esclarece detalhadamente para quem os imóveis compartilhados de férias são indicados.

Postagens Recentes

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

economia do compartilhamentocompartilhamento de bens