em Propriedades Compartilhadas

Comprar imóveis é uma das principais formas de investimento que uma pessoa pode fazer. O que muita gente ainda não sabe, é que existe uma maneira menos tradicional de fazer esse investimento e que está cada vez mais ganhando força no mercado imobiliário e turístico (sim, você não leu errado e eu prometo explicar nos próximos parágrafos essa ligação). Estou falando das multipropriedades, também conhecidas como propriedades compartilhadas ou time sharing.

Essa modalidade foi criada nos Estados Unidos e constitui uma visão moderna para o conceito de aquisição de um imóvel. Diferente da aquisição tradicional, em que o proprietário é dono exclusivo de um imóvel e por tempo integral, a multipropriedade imobiliária permite o compartilhamento do imóvel com outros proprietários.

Em um primeiro momento você pode não reconhecer os benefícios desse investimento. É por isso que eu recomendo que você continue a leitura para poder mudar de ideia.

Vamos para um exemplo bem prático:

Sabe aquele sonho de ter uma casa na praia? E se você pudesse ter uma casa na praia apenas no período que vai ocupar, sem as burocracias de aluguel e ainda ser proprietário do imóvel? E se para melhorar você ainda pudesse trocar de propriedade no período que deseja viajar e ficar hospedado em imóveis do mundo todo?

Parece uma boa ideia, né? Essas são as principais características das multipropriedades. Ainda que faça parte do conceito de economia compartilhada, a propriedade será sua e você poderá usufruí-la. O que acontece é que o imóvel terá diversos donos e cada um deles pagará por uma fração do valor total da propriedade. Cada um dos proprietários tem pleno domínio do bem em períodos do ano já determinados. É por isso que as multipropriedades também são chamadas de time sharing, uma vez que os proprietários acabam sendo donos das unidades de tempo do imóvel.

Outra característica desse tipo de investimento é a possibilidade de adquirir um fração de uma casa ou apartamento em condomínios turísticos, hotéis e até mesmo resorts. Atenção que a grande sacada turística está aqui:

Os proprietários de uma multipropriedade podem utilizar o intercâmbio de férias por meio de empresas especializadas, como a RCI e a Interval International que atuam no mundo inteiro e conectam proprietários nos principais destinos turísticos.

Isso significa que pode você fazer um investimento imobiliário e ainda conhecer diversos destinos do mundo todo, aproveitando, inclusive, as facilidades que um resort pode oferecer, por exemplo. 

Multipropriedades no Brasil

Essa modalidade de investimento e de viagem já é bem difundida no mundo todo. No Brasil ainda é novidade, por isso é a hora certa de considerar esse tipo de investimento. 

O Projeto de Lei de Multipropriedades foi sancionado em dezembro de 2018 pelo até então presidente Michel Temer. Essa competência jurídica-legislativa tem como objetivo dar mais segurança para o comprador final e estimular a prática no Brasil.

Segundo dados do estudo “Cenário do desenvolvimento de Multipropriedades no Brasil – 2019”, o Nordeste continua liderando as ofertas de multipropriedades, seguido pelo Centro Oeste, Sudeste, Sul e Norte. Famílias com crianças continuam sendo o público-alvo dessa modalidade.

Principais vantagens das multipropriedades

Agora que você já sabe o conceito de multipropriedades, pode avaliar também as principais vantagens desse tipo de investimento:

– Melhor ter 10% e usar 100% do que ter os 100% e usar 10%, concorda? Ao adquirir uma multipropriedade você não terá um imóvel subutilizado, como acontecem com as casas de praia na baixa temporada;

– Você poderá adquirir uma propriedade de alto padrão investindo muito menos dinheiro do que seria necessário para ser o proprietário exclusivo do imóvel;

– Você irá gastar muito menos com custos fixos e de manutenção, uma vez que as despesas são divididas com os demais proprietários;

– Existe a possibilidade de você remunerar o tempo em que o imóvel não é usufruído ao deixá-lo disponível para alugar, ou seja, você poderá rentabilizar a propriedade;

– Você poderá fazer intercâmbio com outras propriedades, uma vez que existem diversos hotéis, resorts e empreendimentos de alto padrão pelo mundo todo que funcionam no sistema de propriedade compartilhada e estão associados a uma rede de intercâmbio;

– Ao fazer o intercâmbio de férias, você poderá planejar viagens com antecedência e conhecer lugares diferentes a cada ano. Você não terá mais aquela “obrigação” de passar as férias sempre no mesmo destino e poderá conhecer lugares no Brasil e no mundo com a certeza de se hospedar em excelentes propriedades. A RCI, por exemplo, é a maior rede de intercâmbio de férias do mundo, com mais de 5 mil hotéis, resorts e empreendimentos em 100 países. Já a Interval International possui mais de 3 mil acomodações afiliadas.

– Além de ser um investimento seu, já que você terá um patrimônio adquirido, você pode economizar com hospedagem. Certamente o que você pagaria ao longo dos anos em hospedagem durante as viagens de férias é um valor bem mais alto do que a fração de uma propriedade compartilhada;

– Você terá a chance de vender a fração que investiu por um valor maior, uma vez que ela é valorizada anualmente;

– Você poderá aproveitar os mesmos benefícios que se tem quando se hospeda em um hotel ou resort, já que muitas multipropriedades estão localizadas nesses locais. Você terá uma estadia aconchegante, com diversos serviços e comodidades disponíveis para você e seus acompanhantes – é por isso que essa modalidade de viagem é muito procurada por famílias com crianças;

Como ter uma multipropriedade imobiliária

Por ser uma modalidade recente no Brasil é importante escolher um grupo sólido e de confiança para comprar a sua fração da multipropriedade. Não esqueça também da importância de ter uma intercambiadora, como a RCI e a Interval International, para justamente conseguir garantir os melhores benefícios e a possibilidade de conhecer diversos destinos no mundo todo através do intercâmbio de férias.

Outra dica é escolher o imóvel em um destino que você goste de estar. Mesmo que exista a possibilidade de fazer o intercâmbio, é interessante ter essa “base segura” caso você não queira ou não consiga fazer o intercâmbio para outro destino. Além disso, procure escolher um destino que tenha um bom potencial turístico. Lembre-se que você está adquirindo um patrimônio que pode ser ainda mais valorizado com o passar do tempo ou também pode ter uma rentabilidade extra alugando o imóvel em períodos que você não vai utilizar.

Você vai encontrar mais dicas sobre como ter uma multipropriedade em nosso canal do Youtube. Aproveite também para baixar o nosso guia definitivo de propriedades compartilhadas!

Postagens Recomendadas
0

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

interval international